sábado, 30 de julho de 2011

Lirismo


A paixão está em nosso calor
E naquela manhã,com o calor do sol ameno
Me aqueceu do sereno interno do passado.

Sou apaixonado ,
você é meu segredo de "perigo" descoberto.

Minha visão de poeta lembra da tua imagem sorrindo ,
O teu abraço num momento quase eterno
Da passagem do meu mundo ao seu .

O beijo tão nosso quanto tudo que se possa ter em nós :

Primeiro veio do perfume que fazia querer morder ,
Parecia o aroma de um sabor que me faria saciar ao próximo sentido ...
Ouvir teu silêncio , descobrir tua respiração no movimento tão perto do seu corpo ao
Meu entrelaçado em abraço que despertaria ao próximo sentido ...
O toque ... como se almas ,talvez , se misturassem ... num acaso tão natural .
Mesmo desacreditado do acaso , a naturalidade parecia lhe justificar ...
Nossos rostos se acariciando, uma força absurda,sedutora levou aos lábios a se tocarem .


*E eu te adoro tanto , te necessito tanto ,
Que na alma resta todos os seus sentidos .
Resta o seu sabor , como numa recompensa de um desejo que a alma precisaria encontrar .

(Eber Vasconcelos) - dedicatória ~> Monize

Um comentário:

Edu Lazaro disse...

Antes preto e branco, depois, capítulo maior, multicolorido. Viver nisto é viver mais. Parabéns.

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...