segunda-feira, 30 de abril de 2012

Parece ser tão errado


Não conseguir entender o porquê de ser tão incompreensível
Julgar não conseguir entender propriamente o que é impossível  ,
pode ser até uma indiferença de quem não crê  .

É estranho oferecer sabor a quem só prova veneno , clichê ou algo ultrapassado
É estranho oferecer calor a quem só vive do sereno , vive da culpa do seus pecados  ,
pode ser até uma indiferença de quem não vê  .

Acreditar no amor parece ser tão errado
Quanto desmascarar o culpado
E ele ser dito inocente .
Tantos que ainda podem viver
Querem explicações pertinentes ,
o porquê
de
...
Acreditar no amor parecer ser tão errado
Quanto manter em cárcere de loucura , atado
E ele ser dito inocente .
Tantos que ainda o vêem saindo de lá ,
Voando nas teorias , apaixonados pelos toques ,
o o quê
faz
...
Acreditar no amor parecer ser tão errado :
Saber que o traidor não é dito traiçoeiro
E ele ser sim aprisionado em seu veneno, cuspindo sangue podre no travesseiro .
Porque o amor existe principalmente na confiança do que é invisível
Do jeito em que fazer o ideal não é só atitude de poeta incrível .

Não se justifica mal com mal ,
Não se provoca o destino ,
Ser mais que um animal :

É invocar o amor e ser o amor .

(Eber Vasconcelos)

domingo, 29 de abril de 2012



No vácuo , no silêncio
No vazio , no buraco
Onde só o vento atenta
A cidade tão imensa
vem tomando mais espaço

Onde a natureza é passado
e os coraçoes são concretados
Onde os mendigos são sabios
que enfeitam as ruas de arte
Onde o sarcasmo desperta sorrisos
Na tola caça a qualquer orificio
E o amor entre si ja não é parte

No vácuo , no silêncio
No vazio , no buraco
Pra quem crê no sistema
                  Que caia o véu , desabe a tenda
                  Pois foi tudo combinado.



                  (Niltinho Carvalho)

sábado, 21 de abril de 2012

Sem título (Elaine Figueira)


http://ebervasconcelos.blogspot.com.br/


A dias não consigo escrever
nem uma linha se quer
não consigo expressar meus sentimentos
minhas duvidas e ninhas emoções
o cansaço e a duvida me trava de qualquer
senso de criatividade.
A responsabilidade me tira 
toda a vontade de pensar
a rotina me faz agir de uma forma só
tento escrever uma só palavra
mas a cabeça fica nos problemas
nas pequenas coisas que você 
tem que fazer no decorrer do dia.
Por esse lado, queria ser uma criança
que age sem medo, se pensar, 
que não pensa em amor, dinheiro,
ser livre de qualquer responsabilidade
e não me tornar a maquina que sou hoje.
Quem sabe assim, 
eu poderei escrever novamente.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Racionalidade impulsiva



"Quanto à racionalidade não me faz falta o animalesco , agora ... quanto ao impulso: animal que me foge dos pensamentos ." (Eber Vasconcelos)

terça-feira, 3 de abril de 2012

Motriz




 A loucura nos olhos sedentos ,
 O ímpeto  entorna  desejo desvairado .
 Uma pele branca , cabelos jogados , um jeito de sentir dor
 Cantar a dor perto dos ouvidos.

 A cura nos olhos atentos ,
 O ímpeto doma desejo desvairado .
 Uma pele branca, cabelos jogados, um jeito de sentir dor
 Amar a força mexendo no seu quadril , em todos os libidos.

 Uma bebida forte para se beber com vontade ,
 Um fogo dentro de outro pra se aquecer  .
 Ardida em corte ,unhas que lhe ferem e trazem mais perto ,
 Mordida dentro de mordidas , toda marcada .

 Uma nudez angelical pra uma fome animal ...
 O corpo tremendo ... O paraíso vivendo na mulher .

(Eber Vasconcelos)

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...