sábado, 30 de julho de 2011

Lirismo


A paixão está em nosso calor
E naquela manhã,com o calor do sol ameno
Me aqueceu do sereno interno do passado.

Sou apaixonado ,
você é meu segredo de "perigo" descoberto.

Minha visão de poeta lembra da tua imagem sorrindo ,
O teu abraço num momento quase eterno
Da passagem do meu mundo ao seu .

O beijo tão nosso quanto tudo que se possa ter em nós :

Primeiro veio do perfume que fazia querer morder ,
Parecia o aroma de um sabor que me faria saciar ao próximo sentido ...
Ouvir teu silêncio , descobrir tua respiração no movimento tão perto do seu corpo ao
Meu entrelaçado em abraço que despertaria ao próximo sentido ...
O toque ... como se almas ,talvez , se misturassem ... num acaso tão natural .
Mesmo desacreditado do acaso , a naturalidade parecia lhe justificar ...
Nossos rostos se acariciando, uma força absurda,sedutora levou aos lábios a se tocarem .


*E eu te adoro tanto , te necessito tanto ,
Que na alma resta todos os seus sentidos .
Resta o seu sabor , como numa recompensa de um desejo que a alma precisaria encontrar .

(Eber Vasconcelos) - dedicatória ~> Monize

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Caminho do meio


Caminhar por um lugar com toda a lembrança do que ele foi um dia e contrariamente hoje pode ser.
O céu azul de uma tarde quente, que só de respirar e ouvir o ar traz paz, e o calor do sol que lhe toca, e a energia transbordando ao ponto de ser extra-corpórea.

Preciso calar e somente ouvir o silêncio cauteloso que me acalma,equilibra meus pensamentos
Preciso de qualquer forma continuar nesse rio de correnteza suave,
Preciso ser a ave que canta nos altos sem se preocupar em ser ouvida
E amo tanto o desapego , a libertação ...
Que nesse momento a sensação já não é a prisão .

E o que dizer sobre o refúgio de estar tocando ao chão?
Mesmo tendo asas, não é bom vislumbrar às alturas
O que dizer de ter os pés descalços e conhecer a firmeza dos passos?
Gosto do agora , do impacto imediato a cada toque dos pés criando pegadas  .

Amo o bem , ele vive , ele é duradouro , o bem pra mim sempre é aquele que existe.
O agora ...

Abraçar a mente , discipliná-la ao esforço por iluminação .
Não que seja perfeito , e quem saberá me dizer qual é o rosto da perfeição?

(Eber Vasconcelos)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Imensurável




O que dizer de hoje, um sonho que virou realidade, um amor queestá nascendo... Isso é pouco...

 É pouco para traduzir o tamanho da imensurável

felicidade que faz meu coração, palpitar com tamanha rapidez.

 Estive entrelaçada em seus braços, sentindo seu calor... Ouvindo
sua respiração... Por um momento senti sua cabeça deleitando sobre meu ombro. E
ao tocar seu rosto senti sua pele macia como um lençol de seda... Quando dei
por mim, seus olhos estavam sobre os meus, seus lábios sobre meus lábios... 

O mundo havia parado, e ali no meio de um lugar frio e vazio, havia crescendo uma
paixão quente e ardente. 


(Moni Ribas)


segunda-feira, 4 de julho de 2011

Incrível


É que esses olhos devoram

Essa boca cheia de malícia parece não conseguir se saciar
Esse rebolar que é "todo,todo", que vibra , vibra...

Olhos azuis pegando fogo 
Se seduz só faça o jogo  
Ao olhar o espelho
Seios em suas mãos como musa ardente
Turbilhão , tesão em mente.

Foi na sacada do quarto que surgiu 
E comigo o mar , a onda, o sol tudo em arrepios de prazer 
                                                             Esse foi nosso encontro : vendo o sol nascer .             

                                                                                     (Eber Vasconcelos)

domingo, 3 de julho de 2011

Realização



Posso apacientar as sensações ruins, diversas, ficar imerso no equilíbrio,
Ter um suposto auto-controle.

Posso cobrir com plantas medicinais as minhas cicatrizes,
Deixar -me curar .

Posso dormir num tempo indeterminado ,
Ganhar o direito  de sonhar .

Posso lembrar do melhor ,
Ser a minha lembraça de saudade .

Posso ser o espírito que me guia

Posso ser a luz que me ilumina e aquece

Posso ser o amor que a obsessão roubou de mim

Posso ser o homem que faz grande ser ,pequenos gestos de carícias

Posso ser o sorriso de criança

Posso ser o beijo e o toque

Posso ser o homem ideal

Posso ser o Yin e o Yang

O que não posso é desaparecer de mim, nunca!

(Eber Vasconcelos)

sexta-feira, 1 de julho de 2011

 O cansaço leva a crer na exaustão das forças , um cansaço sem descanso . Eu durmo ,pois quanto mais acordado se está mais se cansa . Seria óbvio não fosse real , o que já foi um sorriso passou a choro , um nó na garganta e agora tudo parece igual . Nada de sonhos ou pesadelos , só o real .
 Gosto de escrever o que parece confuso ...

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...