domingo, 29 de abril de 2012



No vácuo , no silêncio
No vazio , no buraco
Onde só o vento atenta
A cidade tão imensa
vem tomando mais espaço

Onde a natureza é passado
e os coraçoes são concretados
Onde os mendigos são sabios
que enfeitam as ruas de arte
Onde o sarcasmo desperta sorrisos
Na tola caça a qualquer orificio
E o amor entre si ja não é parte

No vácuo , no silêncio
No vazio , no buraco
Pra quem crê no sistema
                  Que caia o véu , desabe a tenda
                  Pois foi tudo combinado.



                  (Niltinho Carvalho)

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...