terça-feira, 10 de julho de 2012

Luz dos pensamentos


 Quando as folhagens das árvores são muito mais parecidas com você que a multidão de olhos . E de vez em quando o vento balança seus cabelos , e os passos ficam leves . Nessas  horas que teu corpo parece se desligar do mundo , da tua própria mente . Por vezes se responde com os lábios palavras vazias , assuntos fúteis , por vezes ninguém fala contigo realmente . Só existe um pensamento , um lugar tranquilo de viver , só existe um amor ao silêncio , à contemplação da consciência .
  Há quem diga que ser alheio é ser perdido , há quem diga tudo nesse mundo , portanto não me importo . Só me importo com uma força que parece latejar em volta da cabeça , como um calor que vem junto da luz dos olhos .
  Entorpecido pelo sol tudo me parece ignorável em volta , até mesmo porque de certa forma tudo que está a minha volta surgiu de uma escolha . Escolha que não me torturo em ser a certa , me convenço do que me faz bem e não prejudique ninguém . Então não gosto do tumulto , gosto da minha meditação em todos os lugares , gosto de mim , gosto... dos pensamentos surgindo nos meus passos.


Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...