quinta-feira, 19 de setembro de 2013


A um poeta é lisonjeiro saber que uma mulher lhe le os lábios,a alma, o corpo .
Quase sinto o ouvido perto de minha boca,
é meu jeito de falar , de expressar.
Num caos de sentimentos, e as vezes numa calmaria
Por vezes é tesão que arrepia o corpo,
os olhos acompanham lendo , as mãos escrevem aceleradas .
o prazer vazio é bom , o prazer repleto conquista
poesia pra mim é vida repleta , sorriso sacana

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...