domingo, 2 de janeiro de 2011

Rompimento



Se desfaz ...
                   Se desfaz...
                                     Se desfaz...


Milhares de peças de um quebra-cabeças espalhadas ao chão.
Os sorrisos de todas as manhãs de sábado.
Os beijos de todas as tardes de verão.


Se desfaz...
                  Se desfaz...
                                    Se desfaz...


Os abraços de todos os amigos perdidos em todo tempo e estação.
Aquele conselho,aquela conversa,aquela risada.
Foi embora da família um irmão.


Acabou os olhares da mulher apaixonada lhe fitando.
Acabou a irmandade de um amigo.


Não amas a nenhuma mulher senão aquela, e já não tem amigos.


                               Se refaz...
               Se refaz...
Se refaz...


As várias peças de um quebra-cabeças espalhadas ao chão.
Novos sorrisos em novas tardes ensolaradas,agora de domingo.
Beijos de todas as noites de verão.


                              Se refaz...
               Se refaz...
Se refaz...


Os abraços de novos amigos encontrados em um novo tempo e estação.
Aquele conselho,aquela conversa,aquela risada. 
Volta a construir uma nova família,um novo irmão.


Começou novamente os olhares de uma mulher apaixonada lhe fitando.
Começou a irmandade de um novo amigo.


Uma mulher te ama e um novo amigo você conhece.


Contudo,a saudade corrompe e nos pegamos a lembrar de tudo desfeito
Como se de certa forma a imagem do quebra-cabeças não tivesse deixado de existir no tempo.


Saudosa lembrança...


(Eber Vasconcelos)

2 comentários:

Daniel Bastos disse...

A vida é esse grande quebra cabeça, onde peças precisam se encontrar para que as coisas deem certo.
Quando somos crianças, as peças sao coloridas e mais faceis de se montar.
Com o passar do tempo, as peças vão aumentando de quantidade e diminuindo de tamanho...
Vai ficando cada vez mais dificil.

A gente sempre se prende aos momentos em que tudo estava desfeito... são dificeis de esquecer.

Gosto da idéia de barro que somos, afirmação encontrada nas Biblia Sagrada. Ali a gente entende que somos barro e Deus o nosso Oleiro.
Ele nos desfaz, Ele nos refaz!

(aeh ta vendo... agora vou acabar escrevendo um texto com isso que falei aqui! rsrrs)

Eber Vasconcelos disse...

Essa idéia do barro ainda é melhor,porque peças de quebra-cabeças são feitas sob formas as quais não podem ser alteradas.Já o barro é sem forma específica e pode ser moldado assim como nós.

(a gente que gosta de escrever tem muito disso: ler e ter outra idéia do assunto e querer escrever também sobre.) abraços

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...