segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Teu toque,meu pecado



Hoje eu nem quero saber , quero morder essa sua boca .
Acariciar esse corpo , tocar em seus sentidos , lhe fazer delirar .
Hoje eu quero seu pecado , amanhã me confessar .


Por que olhas desse jeito ? Querendo mostrar desejo ?
Quer me fazer refém , quer me maltratar .
No dia que te toco , te tenho , te tenho , te amasso na parede , depois nem vejo ...
Já sou seu e você é minha .


Já nem preciso de mim quando tenho você .
Mas tendo você parece que me perco em mim .
Talvez seja mais nova , um ano só ...
Mas , quando é mulher ... é a melhor .


Escrevo pensando em nosso momento juntos ,
Momento que de tão juntos e permissivos , sorrimos prazeres .
Eu quero essa hora desse conjunto de tempos inconfessáveis .
Quero os prazeres do seu corpo , da tua vida , que me fizestes ver como amáveis .


(Eber Vasconcelos)

6 comentários:

Bruninha disse...

ta vendo como é o lírico, rsrs

Eber Vasconcelos disse...

ora, eu tenho uma boa imaginação. somente isso...

Si Caminada disse...

Uaaaaaal que forte!
adorei sua forma de escrever :D

Eber Vasconcelos disse...

obrigado,segue o blog então morena...

beijos.

diário da meia-noite. disse...

escreve bem :) deixe esse seu 'eu lírico' predonimar. fica bem legal. estou te seguindo, se quiser retribuir: http://daybreakdiariess.blogspot.com
um abraço!

Eber Vasconcelos disse...

obrigado, o 'eu lírico' e a forma a qual se expressa foge do meu controle. rssr
vou seguir seu blog,e ler quando possível.
outro abraço!

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...