quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Quase imaginações


Tenho quase medo disso que me tornei ,
Uma quase coragem de ser o que sou .
Minto sentimentos ,
Mas não são mentiras ,
Não são! Eu acredito nessas minhas invenções .

Talvez eu me realimente de ressentimentos ,
De quase iras ,
Mas que por ser quase não são iras ,
Não são! Eu acredito nessas imaginações coléricas .

Devo ser esquizofrênico com o que sinto ,
Ou devo criar a própria esquizofrenia pra ter a imaginação de criar ( ou será que minto? ) ...
Só sei que essas paixões de poeta são enganadoras ,
Dizem encantadoras...

Essas paixões , elas mudam com tanta frequência.
Não , não me chames de conquistador .
Pois nunca conquistei !
Todas vezes foi um buscar , uma fome que de tudo não se saciou .

E aqueles olhos que realmente são meu único amor ...
De certa são meu ódio de querer não querendo ter .
É confuso de entender ...
Imagine!

(Eber Vasconcelos)

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...