terça-feira, 14 de junho de 2011

Memória



Quando se percebe lhe é escapado um sonho, sonho passado ;
Ao lembrá-lo serena por dentro,
O inverno reaparece .

Não importaria se a primavera é florida ,
Se seu inverno nunca foi extinguido com o calor ,não faz diferença .
Com as paredes se pode falar , só que elas de lado
Não se importam se fez paixão .

O sentido não se faz ,
A perfeição tampouco .
Se todo o sentido se foi ,
E a perfeição talvez seja uma descrença que acompanha os dias .

Viver depois disso é criar uma vida ,
Ser feliz no desencontro.

(Eber Vasconcelos)

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...