domingo, 15 de agosto de 2010

Desigual

Não precisa ser dito.
Compreensivo ao ponto de altruísmo;
Apreensivo sempre com um provável encontro;
Saudoso,quando há desencontro;
Prazeroso e contido feito a euforia do tímido.

Não precisa ser dito.
Ciumento em momentos em que gostaria de ser o único;
Preso ao convívio,ou não,sempre quer crescer em espaço,
Pesado livre-arbítrio de não poder O prender e conduzir.

Não precisa ser dito.
Sim ou não,ele está presente;
Respeita a escolha por mais que doa o que se sente,
Egoísmo é seu inverso;
Prefere ver o sorrir do que o realmente ter;
Incondicional feito de maturidade emocional;
Rico em afeições,
Por vezes até irritações.

Não precisa ser dito.
Toda palavra seria nada,
Todo verso,mal elaborado.
Agora não precisa ser dito,
Precisa ser aceito.
Aceitemos e compartilhemos o quanto possível, e esse tempo...
É de fazer com que aconteça.
(Eber Vasconcelos)

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...