sábado, 24 de julho de 2010

Anjo Triste


Um anjo chora lágrimas de sangue,me olha toda noite . Ele se compadece do soturno homem . Tenta falar...Porém já não acredito na palavra nem de anjos.
 Nem sei se realmente existo ou sou qualquer tipo de personagem criado por mim mesmo.Sou um pouco fingido ,pela maldade inocente de enganar-me constantemente.
 Nascemos com sofrimento,perda e separação.Daí crescemos inconscientes,buscando exatamente conforto,morada e a união que nos abandonou antes sequer de termos noções pra defini-las.
 A paixão que tive por minha amiga sempre foi irreal,confesso . À mim ela sempre foi um anjo irreal que poderia me salvar e curar do meu olhar triste.
 Vejo sempre algo impossível aos meus toques,fui dotado com uma visão sublime e com um tato normal. Por consequência conheço o rosto de um anjo que me admira a chorar,contudo não posso afagá-lo ou  secar suas lágrimas. Sou um homem com olhar irreal e corpo real.
 Gostaria de unir-me a uma espécie de energia cósmica e atuar em todas as partes do universo,queria estar nos brilhos das estrelas . Não queria ter consciência da existência do abstrato,queria o ser . Chegará o momento em que defrontarei comigo e encarando realmente quem sou,admirarei-me e sorrirei em paz.
(Eber Vasconcelos)

2 comentários:

Bruninha disse...

Isso parece um epitáfio!

você morreu ao final deste texto!

Eber Vasconcelos disse...

HA! Você identificou a morte no texto.Eu tinha escrito nas entrelinhas,afinal com a morte se alcança a imagem do anjo.

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...