sábado, 10 de julho de 2010

Momento

Posto-me a solidão fria por alguns instantes,
Ela é uma dor doce que me acompanha.
A cabeça dói,isso é verdade.
Tenho vontade de ficar parado nessas horas tristes.

Oh,a solidão sempre foi minha amante.
As vozes que escuto estão sempre distantes.
Quero essa paz torturante dessa hora morta.
Quero morrer nesse momento só.
Pois a ausência do mundo
Seria meu conforto de paraíso,
Seria meu sorriso amargo.

(Eber Vasconcelos)

Nenhum comentário:

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...