quinta-feira, 1 de julho de 2010

Sereno

Distante... num momento tão distante,
Estávamos a sorrir um ao outro.
Olhávamos,os dois,ao mesmo olhar.
Ante meus olhos estavam os meus olhares,meus, pois acolhiam meu vazio.

Poeiras de água desciam do céu
Formando uma forma mais leve que a fumaça.
Toquei em suas mãos,eram quentes, eram...

Eu,tão nervoso quanto apacificado,
Sentia as mãos frias(minhas) tremendo.
Ficamos,com nossos lábios incessantes
E línguas se tocavam,nos beijávamos.

Nosso beijo,nosso sonho particular.
Distante... ontem,hoje e amanhã.
O saciar em um instante.

(Eber Vasconcelos)

2 comentários:

[♥] disse...

Nossa! adorei esse, muito profundo!!
Inspiração pra dar e vender! beijão Uila

Eber Vasconcelos disse...

Obrigado Uila por apreciar minha arte!
A inspiração desse texto é uma realidade bem interessante...
Beijos

Seguir por Email

Pesquisar este blog

Gostou? Leia mais ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...